Jogos Indies desconhecidos, mas que valem a pena Jogar

Sabemos que os jogos Indies têm dominado uma parcela pequena do mercado de Jogos, mas geralmente, se destacam pela qualidade, pela arte apresentada, e alguns até pela estória que o jogo apresenta. Hoje trarei alguns jogos Indies aqui, mas não espere ver Limbo nessa lista, trarei apenas jogos desconhecidos pela galera, que mesmo sem um destaque na mídia, são excelentes ou medianamente podem vir a fazer barulho na mídia com o passar do tempo.

Alguns Jogos tem seu titulo clicável, assim você é encaminhado para a página de Download do Jogo.


Forgotten

É um jogo de Suspense/Terror com perspectiva 2D, mas que te prende, e se engana quem acha que um gráfico 2D não mete medo. O jogo rende uns sustos e é cercado de mistérios, se liga na Sinopse.

"Confuso e perdido... são as duas palavras que me mais descreve o que eu sinto. Não sei onde estou nem a razão porque estou aqui, tenho apenas uma lanterna na mão e nada mais.


Este lugar não tem fim tenho que encontrar algum caminho para sair daqui antes que o meu fim seja aqui. Sinto que algo se aproxima de mim quando eu ando mas não tenho certeza.O que faço eu aqui porque é que me sinto esquecido aqui nestes caminhos onde me assusto a cada passo."

O jogo foi desenvolvido na Engine "RPG Maker VX Ace", embora o foco da Engine seja RPG, nada impede os desenvolvedores de modificar a Engine para criar diversos tipos de Jogos, até mesmo Jogos de Plataforma são criados com a Engine.



Alienation (Somente na PSN)


Alienation é mais um jogo para você sair atirando como se não houvesse o amanhã, todavia é tão despretensioso em sua proposta que acaba envolvendo, e estimulando rapidamente seu desejo por mais.

Através do modo campanha você começa sua trajetória como oficial da UNX. Logo de cara é possível escolher o nível de dificuldade, e em seguida uma das três classes disponíveis: Bioespecialista, Tanque e Sabotador. Cada classe possui especialidades próprias. A armadura de Bioespecialista oferece auxílio médico, a Tanque é a famosa barricada, já a de Sabotador é projetada para distorcer a realidade.

A dificuldade é balanceada e progressiva, porém têm momentos turbulentos, como infestações de alienígenas que vem de uma vez para cima, dificultando um contra-ataque efetivo.



Routine



Routine se passa em uma base lunar abandonada, onde uma equipe de engenheiros e cientistas misteriosamente desapareceu. Através da exploração livre, não-linear, seu objetivo é desvendar os mistérios do local, em um jogo que dispensa interface gráfica, itens que recuperam energia ou mesmo a ideia de vidas e tentativas, para criar uma experiência assustadora e transmitir a sensação de vulnerabilidade. Assim, se você morrer, terá que começar tudo novamente, em cenários dinâmicos que mudam a cada nova partida.


Apotheon



A nova aventura 2D dos criadores de Capsized é ambientada na Grécia antiga e tem um visual inspirado nos murais e vasos gregos, com um forte contraste de cores e formas geométricas. Em sua campanha single-player, o jogo te coloca na pele de um impiedoso guerreiro no Monte Olímpo, em uma história baseada na mitologia grega. Há também previsão para um sangrento modo multiplayer competitivo.


Cube World


O fenômeno Minecraft deu origem a diversos jogos inspirados em seu minimalismo geométrico e, de todos eles, Cube World parece ser um dos mais interessantes. O RPG traz muito do visual e exploração do jogo da Mojang, com mundos imensos e abertos, criados a partir de cubos, mas com a ação de The Legend of Zelda e o desenvolvimento de personagens de Diablo. E com a chance de poder compartilhar a aventura com um amigo, Cube World se torna ainda mais divertido e atraente.


Chasm



Chasm é um jogo com estilo retrôque tem alto desafio e cenários gerados aleatoriamente. Sua jogabilidade segue o estilo “Metroidvania”, ou seja, uma mescla de Metroid com Castlevania, em que é necessário ir e voltar sempre pelo cenário. O jogador precisa, então, explorar novos cantos, conseguir novos itens e obter mais poderes para vencer a história.

Para isso, o usuário controla Daltyn, um jovem soldado que é enviado para investigar o desaparecimento de trabalhadores que estavam em uma mina, na cidade montanhosa de Karthas. Ao chegar lá, ele descobre que a cidade foi removida do lugar onde estava, por forças sobrenaturais. Daltyn está também preso e precisa escapar, custe o que custar.


O Culto do Vermilion



Este é um jogo desenvolvido pela "Skylab Games", atualmente é o nome da desenvolvedora aqui do Blog, porém é um nome provisório, mas já criamos o Primeiro Capitulo do nosso jogo que já está disponível para jogar. No Jogo você é "Dominós" um Guerreiro enviado para Dragonia, para investigar seres sobrenaturais que estão ameaçando a paz do lugar. Isso tudo em um mundo perigoso, onde forças mais fortes e novos maus surgem do dia para a noite ou da noite para o dia. Mas "Dominós" está preparado para enfrentar todos os perigos. E descobrir o por que daquele mundo estar assim.

O Jogo é baseado em escolhas feitas pelo jogador, o primeiro capitulo é curto, introdutório aos acontecimentos e ao passado de "Dominós". E ao inicio de seu envolvimento com dois personagens que farão do segundo capitulo, muito maior do que o primeiro é no momento. Por mais simples que seja o jogo, foi difícil fazer, e é apenas o inicio da nosso desenvolvimento em jogos. Sem falar que essa estória a ser contada, será o prólogo de outro Jogo, dessa vez de RPG, que já estamos começando a desenvolver. Então critique o que for, estamos dispostos a ler o que for necessário, para melhorarmos






Acompanhe nas redes sociais, no Facebook pelo Painel ao lado e pelo Twitter e Instagram: @tecskylab


Seja patrão do Skylabclique aqui e saiba como e quais são suas vantagens.

Phelipe Almeida

SEO, Web-Design, Web-Writter e Blogueiro. Moro em Rio de Janeiro e tenho 21 anos, sou fascinado por Tecnologia e espero poder trazer o melhor conteúdo sempre aqui no Skylab!